Core Web Vitals: a nova atualização do Google

O Core Web Vitals é o novo critério de ranqueamento do Google. O sistema lançado em maio deste ano, é baseado na avaliação da experiência dos usuários e exige a otimização dos sites.

Para que serve o Web Vitals?

Essa atualização classifica o site a partir de uma série de pré-requisitos, que, se cumpridos de forma correta, colocam seu conteúdo no topo do ranqueamento. Isto é, se formulado conforme as novas regras, seu site é uns dos primeiros a aparecer para o usuário na pesquisa do Google, tornando a sua marca e/ou produtos, mais acessíveis para o consumidor.

A taxa de ranqueamento cai para os sites que não são atualizados. Ou seja, eles passam a ter mais dificuldades para aparecer nos primeiros links das buscas orgânicas, e, automaticamente, isso diminuirá o seu alcance.

A intenção do Google é dar visibilidade às páginas que estão adaptadas ao novo termo, pois o método de avaliação tem como objetivo principal a qualidade da experiência do usuário. Certamente, quanto maior a métrica do seu site no Web Vital, melhor será o retorno em número de acessos. 

Portanto, a atualização deve ser feita em todos os tipos de sites, independentemente da plataforma utilizada.

Quais são as otimizações necessárias para ter uma boa colocação do meu site?

Na verdade, existem muitos fatores que compõem a lista de métricas necessárias para um portal ter um bom desempenho no Core Web Vitais. Dentre os principais requisitos estão:

  • Atuação;
  • SEO;
  • Acessibilidade;
  • Estabilidade;
  • Performance;
  • Navegação.

Além disso, ajustar-se às diretrizes da nova LGPD  (Lei Geral de Proteção de Dados) que entrou em vigor em setembro de 2021, também é uma exigência desta atualização.

Ressaltamos, inclusive, que também contam nas métricas: as fontes, as cores, os espaços em branco, os tamanhos e até os conteúdos dos sites. Por isso, para obter bons resultados é preciso dar a devida atenção a todos esses detalhes.

Como saber minha pontuação no sistema Web Vitals?

Basicamente, para verificar as suas métricas, basta acessar Web.dev , clique em “testar meu site” e depois colocar o link do seu site na aba “medir”. Lá, você tem um panorama de como é vista sua performance pelo algoritmo do Google, e ele ainda aponta em quais quesitos é necessário melhorar.

Em conclusão, se você precisa atualizar e, também, adequar o seu site ao Web Vitals, a agência Caos é o lugar certo! Com uma equipe especializada, fazemos as melhorias necessárias para que a sua página esteja no topo dos mecanismos de busca.

Por fim, segue abaixo o vídeo com uma explicação mais técnica sobre o Core Web Vitals, o novo critério de ranqueamento do Google:

Fonte: Camillo DantasEspecialista em SEO e Otimização de Sites

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.