Cenário do E-commerce no Brasil

Com o cenário do e-commerce no Brasil ​altamente ​positivo, empresas buscam gerar mais faturamento via web.

Considerando que o comércio online acompanhou a evolução da internet, o e-commerce já está presente no Brasil há duas décadas, em paralelo com o cenário mundial.

Isso porque o consumidor brasileiro está cada vez mais digitalizado, influenciando definitivamente o panorama de vendas online. Em vista disso, o disparo no comércio eletrônico proporcionou maior comodidade para realizar compras na internet. Também, pela praticidade em comparar preços e facilidade em adquirir produtos – novos e usados.

Então, para entender o panorama do e-commerce no Brasil, acompanhe a seguir nossas análises e descubra como você pode se beneficiar com essa tendência.

Cenário do e-commerce 2016/2017

Segundo a pesquisa realizada pela Ebit, em parceria com a Elo, o Brasil teve um faturamento de R$ 47,7 bilhões no comércio eletrônico em 2017, isto é o equivalente a 7,5% no aumento, em comparação a 2016.

Ainda assim, outro crescimento apontado pela pesquisa do Ebit é, de fato, a efetuação de compras por tablets e smartphones. Afinal, com a facilidade e agilidade em realizar compras por meio dos dispositivos móveis, proporcionou aumento de 36% no faturamento, às lojas virtuais. Inclusive, houve alta de 42% no volume de pedidos, nos primeiros seis meses do ano contra igual período de 2018. Sobretudo, impulsionada pelos produtos não-duráveis.

A expansão registrada no primeiro semestre de 2017 foi de 35,9% – nove vezes maior do que o volume de pedidos do mercado – segundo o relatório 36° Webshoppers. Por fim, foi constatado que 27,3% das compras foram realizadas por estes canais, em 2017. O que também gerou uma expansão de 31%, se comparado com o mesmo período em 2016.

Cenário do e-commerce 2018/2019

Logo, de encontro com os dados apresentados no 40º Webshoppers, o cenário do e-commerce no Brasil apresentou um crescimento considerável. No primeiro semestre de 2019, houve um aumento 12% em comparação com o mesmo período em 2018.

E, ainda se baseando nos dados do Ebit | Nielsen, 418 mil brasileiros no total realizaram a primeira compra via internet. Ou seja, houve uma expansão de 18,1% novas experiências de compra online. E ainda, mesmo com uma redução de 7% no ticket médio, as lojas virtuais faturaram um total de R$26,4 bilhões em vendas - contra R$ 23.4 bilhões do ano anterior.

Por conseguinte, durante as promoções online da campanha Black Friday 2019, houve uma alta de 12% em relação ao mesmo período em 2018. O que colaborou o faturamento de R$3,2 bilhões para o e-commerce brasileiro, só nesta campanha.

Confira em seguida o webinar com Ana Szasz, apresentando esses dados sobre e-commerce do país, referente ao estudo realizado pela Nielsen:

O que podemos fazer por você?

Sobretudo, com esse saldo tão positivo, muitas empresas estão querendo driblar a crise econômica para gerar mais faturamento via web. Então, para apoiar o progresso desses novos lojistas e também os que já possuem suas lojas online ativas, a agência Caos Design + Web disponibiliza uma gama de ferramentas modulares. Integradas com os principais meios de pagamento e cálculos de fretes no mercado nacional.

Dentre esses recursos, abrangem desde o serviço de hospedagem, configuração de plataformas web e atualizações posteriores. Ou seja, toda sua aplicação web completa e funcional!

Afinal, realizar este tipo de investimento, é um recurso fundamental para quem planeja obter um sucesso sólido à longo prazo no mercado online. Mesmo enquanto o cenário do e-commerce ainda está em crescimento.

Por fim, se você ou sua empresa tem interesse em desenvolver ou melhorar sua plataforma, entre em contato conosco. Ou então, conheça nossos serviços, tire suas dúvidas e descubra o que podemos fazer por você. Será uma satisfação lhe atender!

 

Post publicado em 14.ago.2017. Última atualização em 20.jan.2020

Deixe uma comentário!